Informativos para Postos de Saúde

Coleta de amostras

Procedimentos para a coleta das amostras de sangue dos pacientes.

Imagem do artigo

A coleta de amostras deve ser feita rapidamente, para garantir o conforto da mãe e da criança. Os procedimentos para coleta são simples, mas requerem muita atenção, pois afetam a eficiência e agilidade do SRTN. Faça sua parte!

Formulário de coleta

  1. Nome da criança
  2. Nome da mãe
  3. Endereço Completo
  4. Telefone com DDD
  5. Posto de coleta do Teste
  6. CPF do responsável
  7. Data da coleta
  8. Hora da coleta
  9. Data de nascimento da criança
  10. Sexo da criança
  11. Peso ao nascer
  12. Cor da criança
  13. Se a criança é prematura
  14. Se foi medicada com antibióticos
  15. Se recebeu transfusão sanguínea
  16. Se tem irmão(s) gêmeo(s)
  17. Alimentação da criança
  18. Tipo de amostra
  19. Pessoa responsável pela Coleta
  20. Número do filtro

Canhoto do responsável

  1. Posto de coleta
  2. Telefone do responsável
  3. Nome da criança
  4. Endereço do responsável
  5. Data de nascimento
  6. Data de coleta do teste
  7. Previsão do resultado
  8. Número do filtro

Canhoto do responsável

  1. Instruções para coleta
  2. Nome da mãe
  3. Nome da criança
  4. Área para coleta
  5. Número do Filtro

Canhoto do responsável

O formulário de Coleta deve ser preenchido corretamente e com letra legível, pois ele possui informações importantes para garantir que o material chegue ao laboratório, que a análise seja feita corretamente e que o responsável consiga retirar o resultado online. Nesta etapa, é necessário completar o cartão com todos os dados, atentando-se para data de nascimento da criança. Isso garante o cadastro do recém nascido corretamente, a execução e liberação dos exames em tempo hábil e a busca ativa dos casos suspeitos com maior agilidade, permitindo o tratamento dos casos positivos o mais rápido possível.

No canhoto, há no verso as instruções para que o responsável pegue os resultados. As instruções para busca de resultado estão no próximo tópico sobre o Netlaudo e Busca de Resultados.

Técnica de coleta de sangue

1. Identifique a área de punção. Faça o furo dentro da área hachurada.

2. Massageie o calcanhar do bebê suavemente, limpe a área a ser puncionada com álcool, deixando evaporar o excesso.

3. Puncione o calcanhar com um só movimento contínuo e firme, num sentido quase perpendicular à superfície da pele.

4. Permita a formação de uma grande gota de sangue, sem apertar nem ordenhar.

5. Encoste a gota no centro do círculo do papel filtro e deixe o sangue preencher o círculo completamente.

6. Espere uma nova gota e repita o procedimento até preencher todos os círculos.

7. Ao concluir a coleta de sangue, pressione a área puncionada com um algodão limpo ou bandagem antisséptica.

8. Armazene o filtro em lugar apropriado e espere secar completamente, em temperatura ambiente.

Secagem de Amostras

Logo após a coleta, as amostras devem secar completamente em temperatura ambiente (15º a 20º por cerca de 3 horas). Posicionar as amostras de modo que a área do sangue fique livre de qualquer contato.

- Não expor à altas temperaturas.
- Não secar com ventilação forçada.
- Não empilhar amostras ainda frescas.

Após completamente secas, as amostras podem ser empilhadas para armazenamento. Abrigá-las longe de luz, vento, umidade, calor excessivo e ar-condicionado. As amostras não devem ficar retidas por mais que 2 dias na unidade de coleta.

Amostra Coletada Corretamente

Amostras Inadequadas

Amostras com os seguintes aspectos serão rejeitadas:

Artigos Relacionados